Centrais distribuem peças de divulgação do ‘Dia do Basta’

As Centrais Sindicais intensificam os preparativos para o “Dia do Basta”, em 10 de agosto. O movimento, também chamado de Dia nacional de mobilização e paralisações, ocorrerá em todo o País. Os atos serão encabeçados pela CUT, Força Sindical, UGT, CTB, Nova Central, CSB, CGTB, Intersindical e CSP-Conlutas.


De acordo com circular distribuída pelas entidades, além da luta contra o desemprego, as Centrais irão exigir um basta nos aumento de preço do gás de cozinha e dos combustíveis, à retirada de direitos da classe trabalhadora, às privatizações e ataques à democracia.


As Centrais também já produziram o material de divulgação padronizado, que deverá ser reproduzido pelos Sindicatos, Federações e Confederações. Além da exposição das peças nas redes de comunicação próprias de cada entidade, alguns materiais de convocação dos atos podem ser impressos e distribuídos nas bases.


Mobilização - O objetivo é organizar grandes manifestações, nas quais a classe trabalhadora possa expressar toda a sua indignação com o cenário de crise, com taxas de desemprego alarmantes, salários desvalorizados e o País sem rumo.


"A classe trabalhadora dirá: - Basta! de desemprego, recessão e miséria. Um grito que fará ressoar com mais força a nossa agenda prioritária", afirma Divanilton Pereira, presidente nacional em exercício da CTB.


São Paulo - Uma grande manifestação na avenida Paulista, em frente à Fiesp, ocorrerá a partir das 10 horas, com a participação de várias categorias de trabalhadores e movimentos sociais.


Clique aqui e confira o material unificado das centrais para a mobilização.

Fonte: Agência Sindical

 

Acesso Restrito

Rede NCST Sindical

ncst-rede