Nova Central reafirma autonomia e nega alinhamento a candidaturas

Com apoio em sua Carta de Princípios, onde se define como eclética e suprapartidária, a Nova Central Sindical de Trabalhadores nega alinhamento a candidatos e a partidos. Em vídeo, seu presidente José Calixto Ramos reafirma a autonomia da entidade. E diz: “Ninguém está autorizado a emprestar o nome da Central a candidaturas. O dirigente, enquanto cidadão, tem natural liberdade de fazer suas opções”.


A manifestação de Calixto Ramos, embora ele não explicite, desautoriza publicações, inclusive no Painel da Folha de S.Paulo, de que a Central estaria na organização de plenária sindical em apoio a Ciro Gomes, cogitada para ser realizada na capital paulista.


No vídeo, José Calixto Ramos lembra que “o cidadão Zé Calixto”, sempre que oportuno, expressa sua intenção de voto, como fez, ele diz, nas duas eleições de Lula e depois com Dilma. Mas, ressalta, “nossa Central não se filia a partido, nem será serventuária de nenhum governo”.

URL do vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=W_PiqZBN-Cw

Fonte: Agência Sindical

 

Acesso Restrito

Rede NCST Sindical

ncst-rede