Coronavírus: Brasil tem 2.173 óbitos em 24h, e número de mortos chega a 452.031

E-mail Imprimir PDF

Média móvel diária dos últimos sete dias é de 65.910 para o número confirmado de contágios, que é subnotificado

Redação Rede Brasil Atual

| 25 de Maio de 2021 às 21:42

Boletim divulgado nesta terça-feira (25) pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) aponta tendência de alta de casos e mortes por covid-19 no país. Nas últimas 24 horas foram registrados mais 73.453 casos de covid-19, totalizando 16.194.209, além de 2.173 óbitos, chegando a 452.031. A média móvel diária dos últimos sete dias é de 65.910 para o número confirmado de contágios pelo novo coronavírus, inferior ao do último período, e de 1.854 mortes.

O médico infectologista Marcos Boulos, professor da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), avalia que a situação deve piorar. Nas próximas semanas, as UTIs devem chegar ao limite da capacidade em diversos estados, como São Paulo. “É possível que em duas semanas, ou pouco mais, a gente volte à lotação máxima das UTIs em São Paulo, assim como já ocorreu em outros estados”.

Novos casos

Em entrevista à jornalista Marilu Cabañas no Jornal Brasil Atual, Boulos disse que é “inevitável” a disseminação no Brasil da nova variante do coronavírus descoberta na Índia.

Além dos casos registrados no Maranhão, o Distrito Federal, Rio de Janeiro, Pará e Ceará também investigam casos suspeitos. O problema é que, segundo Boulos, falta um “esforço de guerra” coordenado. E assim, enquanto “cada estado faz o que quer”, ex-ministro da Saúde (Eduardo Pazuello) participa, sem máscara, de manifestação política ao lado de presidente.

 

Acesso Restrito

Rede NCST Sindical

ncst-rede