Frontpage Slideshow (version 2.0.0) - Copyright © 2006-2008 by JoomlaWorks

Audiência Pública sobre Atos Antissindicais

WhatsApp Image 2018 06 20 at 10.22.47
Denílson Pestana da Costa - Presidente da NCST/PR

A Nova Central Sindical de Trabalhadores do Estado do Paraná, juntamente com diversas entidades filiadas, participou na manhã desta quarta-feira (20/06/2018), no Ministério Público do Trabalho no Paraná (MPT-PR) de Audiência Pública para discutir os atos antissindicais e definir formas de combate e tutela dos trabalhadores.

O evento realizado em decorrência das atividades do Fórum Estadual em Defesa da Liberdade Sindical foi realizado no auditório da sede da Procuradoria Regional do Trabalho da 9ª Região (PRT9) em Curitiba. 

WhatsApp Image 2018 06 20 at 10.22.58

 

Audiência Pública - Atos Antissindicais

Audiência Pública min

 

Em nome dos trabalhadores, NCST denuncia governo brasileiro por violações a convenções internacionais da OIT

Representando a toda delegação sindical dos trabalhadores brasileiros na 107ª Conferencia Internacional da Organização Internacional do Trabalho – OIT, o presidente da Nova Central Sindical de Trabalhadores – NCST, José Calixto Ramos, discursou, nesta terça–feira (05/06), sobre as frequentes violações de convenções internacionais conduzidas pelo governo. Líder sindical destacou situação de calamidade que assola a classe trabalhadora em consequência da aprovação de “reformas” que aniquilam arcabouço de leis sociais e de proteção ao trabalho resultantes da Constituição de 1988.

 

 

Nota oficial das centrais: Brasil na lista suja da OIT

Representantes da NCST na 107ª Conferência Internacional da OIT

OIT - Organização Internacional do Trabalho decidiu, nesta terça feira 29 de maio, incluir o Brasil na lista dos 24 países violadores das suas convenções e normas internacionais do trabalho.

A inclusão do Brasil na lista se deu em decorrência da aprovação da Reforma Trabalhista (Lei 13.467/17) que retirou dezenas de direitos das trabalhadoras e trabalhadores brasileiros, violando normas fundamentais da OIT, especialmente a Convenção 98, ratificada pelo Brasil, que trata do Direito de Sindicalização e de Negociação Coletiva. A OIT avalia que a possibilidade do negociado prevalecer sobre o legislado para retirar ou reduzir direitos e de ocorrer negociação direta entre trabalhador e empregador, sem a presença do Sindicato, são dispositivos que contrariam a referida convenção.

Leia mais...
 

Diretor da NCST denuncia, na OIT, veto de negociação coletiva nos serviços públicos

O diretor de Formação Sindical e Qualificação Profissional da Nova Central Sindical de Trabalhadores - NCST, Sebastião Soares, denunciou, nesta terça-feira (29), o persistente descumprimento pelo governo brasileiro dos princípios que norteiam convenções internacionais ratificadas pelo país. O líder sindical lembrou, na oportunidade, o veto presidencial ao Projeto de Lei (PL 3831/2015) - que regulamenta a negociação coletiva às categorias do setor público – ainda que aprovado com folgada votação no Congresso Nacional.




Leia abaixo a íntegra do discurso:

 

Última atualização ( Qua, 30 de Maio de 2018 09:57 ) Leia mais...
 

FILIE-SE

reducao-jornada-ncst2

carteira-assinada-ncst

Quem está online?

Nós temos 474 visitantes online

Acesso Restrito

Rede NCST Sindical

ncst-rede