Campanha contra “Emenda Kim Kataguiri” à MP 1.063/21

E-mail Imprimir PDF

A emenda apresentada pelo deputado Kim Kataguiri (DEM-SP) não é apenas inoportuna. É desumana, pois pretende jogar na amargura do desemprego 500 mil trabalhadoras e trabalhadores, em nível nacional.

frentistas campanha contra emenda kataguiri

A hora agora não é de apresentar propostas “modernizantes” num quadro de alarmante desemprego, carestia dos alimentos básicos e inflação galopante.

O quadro é de preservação da mão de obra e dos postos de trabalho. Modernidade não se faz sobre miséria e escombros sociais.

“Urge, portanto, que voltemos nossa atenção para os debates no Congresso Nacional sobre a emenda 18 da MP 1.063/21. Hoje são os frentistas. Amanhã os caixas de supermercado. Depois de amanhã, os bancários. Quando menos percebermos, estaremos todos livres do trabalho. E com fome.” EIS O TEXTO NA ÍNTEGRA

Projeto de lei


Quanto ao PL (Projeto de Lei) 2.302/19, do deputado Vinícius Poit (Novo-SP), relatado pelo deputado Augusto Coutinho (SD-PE), que é contrário à iniciativa, que vai na mesma linha da emenda Kim Kataguiri.

Projeto visa revogar a Lei 9.956/00 e permitir bombas de autosserviço operadas pelo próprio consumidor nos postos de abastecimento. Qual o problema? O principal é que a medida provocaria demissão de aproximadamente 500 mil frentistas.

 

Diap

https://diap.org.br/index.php/noticias/agencia-diap/90874-campanha-contra-emenda-kim-kataguiri-a-mp-1-063-21

 

Acesso Restrito

Rede NCST Sindical

ncst-rede